Seguidores

quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

Helena Guimaraes /// No meu interior



No meu interior tenho um santuário
onde tu tens um altar...

É  um lugar tão secreto
onde não entra ninguem.
É um lugar de silêncio
onde eu medito tambem.

As velas são pensamentos
e os pensamentos são sonhos;
o chão ternura infinita.
onde me rojo a teus pés;
e em fantasias me deito,
despido meu corpo inteiro
em sacrifício de amor.

No  meu interior tenho um santuário
onde tu tens um  altar...


As ofertas são o sangue

que me corre acelerado 
quando te vejo me olhando,
os olhos sempre fugindo;
e são a mente, tão cheia
só de ti, a noite e o dia;
e a volúpia das horas
pela mente construída,
e a Vida...


No meu interior tenho um santuário
onde tu estás num altar

Helena Guimararães
Livro/ Intimidades/ 1994
Subsidiado pelo Rotary Club De Ermesinde

O silêncio dos pensamentos... (II)





2 comentários:

Rosa Purpura disse...

OLÁ !!!!!! BOOOOMMM DIAAAAA!!!!!

Mais um mararavilhoso trabalho de helena guimarães.....


"e são a mente, tão cheia
só de ti, a noite e o dia;
e a volúpia das horas
pela mente construída,
e a Vida..."

Muito bonito!!!

beijinhos no coração

Rosa purpura

fatima disse...

Lindissimo e muito sentimental,ok da Helena Guimaraes........

No meu interior tenho um santuário
onde tu tens um altar...

É um lugar tão secreto
onde não entra ninguem.
É um lugar de silêncio
onde eu medito tambem.

As velas são pensamentos
e os pensamentos são sonhos;
o chão ternura infinita.
onde me rojo a teus pés;
e em fantasias me deito,
despido meu corpo inteiro
em sacrifício de amor.

No meu interior tenho um santuário
onde tu tens um altar...

beijinho