Seguidores

quarta-feira, 14 de agosto de 2013

Albano Martins /// Dois poemas




Em que idioma te direi
este amor sem nome
que é servo e rei?

Como o direi?
Como o calarei?

*

É como se a noite se molhasse
repentinamente, quando choras.
É como se o dia se demorasse,
quando te espero e tu te demoras.

Albano Martins

1 comentário:

Rosa Purpura disse...




Muito BELO!!!!!!!!!!!!!!!!


Gostei Muoto

beijo