Seguidores

domingo, 12 de julho de 2015

José Angel Buesa ///// O grande amor

O grande amor




Um grande amor, um grande amor distante
É algo assim como uma enredadeira
Que não quisera florescer em vão
E continua a florescer ainda que não queira.
Um grande amor se nos acaba um dia
E é tristemente igual a um poço seco,
Pois, já não têm mais a água que tinha
Porém, lhe queda, todavia, o eco.

E, nesse grande amor, aquele que ama
Compartilhará o destino da fogueira,
Que o consome todo com a sua chama
Porque não sabe arder de outra maneira.
 
 
 
José Angel Buesa  
 
 
 
 

1 comentário:

fatima maria disse...


Um grande amor, um grande amor distante
É algo assim como uma enredadeira
Que não quisera florescer em vão
E continua a florescer ainda que não queira.

bj.....