Seguidores

sexta-feira, 1 de novembro de 2013

Ana Luísa Amaral /// Sonhei-te....

Quero que todas as estrelas se acendam no firmamento
para te guiarem no caminho
e iluminarem o teu CORAÇÃO!!!!!!



Sonhei-te lentamente,
em plena consciência do disfarce.
Sabia-te irreal,
mas o sonho restava devagar.
Com pormenores tão lentos

que o tempo me sobrava de pensar.
Sentei-me ao pé de ti,
junto ao meu sonho, e pude ler indícios,
os símbolos que queria
estavam lá. Sonhei-te porque sim:

a confusão existe n
o real. 


Ana Luísa Amaral
 
 
 
 

3 comentários:

fatima disse...

Sentei-me ao pé de ti,
junto ao meu sonho, e pude ler indícios,
os símbolos que queria
estavam lá. Sonhei-te porque sim:

a confusão existe no real.

beijo.

Rosa Purpura disse...

Olá!!!Conde!!!!

Gostei muito deste poema e das estrelas que também sempre me fazem sorrir e sonhar...

"Sonhei-te lentamente,
em plena consciência do disfarce.
Sabia-te irreal,
mas o sonho restava devagar.
......sonhei-te...

porque sim


beijinhos no teu coração

Rosa Purpura

Rosa Purpura disse...



(complento)

Ai !!!como esse Bem demorou a chegar!!!!

Eu já nem sei se terei no olhar

TODA A PUREZA que qureria LHE DAR!!!!!

beijinhos CONDE