Seguidores

domingo, 16 de junho de 2013

“Todas as noites acendo as estrelas para ti.” Hamilton Afonso"

Para ti…

“Todas as noites acendo as estrelas para ti.” Hamilton Afonso"



Acende-se a noite com as estrelas dos teus olhos
e sinto que me pertencem
todas as constelações do universo
Sei que é para mim
que adornas o céu
com flores de luz
quando a noite está nua e mais fria.
É por mim
que clamam os teus olhos
e que brotam sorrisos no teu rosto
Sei que são meus
os teus braços, os teus abraços
e os beijos
que secretamente guardas
no esconderijo dos lábios.
Sei que em ti posso mitigar
o cansaço dos dias
ou as mágoas da vida…
no porto seguro do teu colo
ou na fortaleza do teu peito.
Sei e sinto que me amas e me queres
com a mesma intensidade
com que te quero e amo.

E em breve, meu amor ,
a saudade tornar-se-á encontro
a distância anular-se-á na força do abraço
e juntos provaremos um ao outro
que é tão ténue a barreira que nos separa
face à imensidão do amor que nos une.



© 2013 Micro

3 comentários:

Brisa disse...

Olá Conde :)
É muito lindo este poema...
Amor é... abrir a porta do coração de par em par para acolher...

Butterflyfly Blue disse...




Este é um dos mais enternecedores poemas de amor que já li....

Amor com alma .....

Pleno....

beijos :)

Glória disse...

Noite de eternas saudades! <3