Seguidores

domingo, 2 de junho de 2013

FRANCISCO VALVERDE ARSÉNIO // A COR DOS TEUS OLHOS!



Se o infinito fosse azul
para que serviria a cor dos teus olhos?

Há palavras,
faço palavras,
e elas fundem-se nos sonhos do poeta.

Folhas secas ou em branco,
varridas pelo vento ou desprovidas da caneta,
e uma noite escura,
e uma madrugada de prata,
e um dia de abraços.

E novamente a cor dos teus olhos,
e o medo que as estrelas te roubem o brilho,
e que o mar te vista de mil ondas.

Fecho-me nas lágrimas vertidas contigo
ou na tua ausência;
fico-me na espera
ou de espera,
fico-me no tempo que fazemos nosso tempo.

E novamente a cor dos teus olhos,
e os pássaros roucos de tanto cantar,
e há perfumes que te levam e trazem,
e há a lua que se pintou da cor dos meus cabelos…

Ah! Essa cor dos teus olhos.



Foto: FRANCISCO VALVERDE ARSÉNIO     A COR DOS TEUS OLHOS!    Se o infinito fosse azul  para que serviria a cor dos teus olhos?    Há palavras,  faço palavras,  e elas fundem-se nos sonhos do poeta.    Folhas secas ou em branco,  varridas pelo vento ou desprovidas da caneta,  e uma noite escura,  e uma madrugada de prata,  e um dia de abraços.    E novamente a cor dos teus olhos,  e o medo que as estrelas te roubem o brilho,  e que o mar te vista de mil ondas.    Fecho-me nas lágrimas vertidas contigo  ou na tua ausência;  fico-me na espera  ou de espera,  fico-me no tempo que fazemos nosso tempo.    E novamente a cor dos teus olhos,  e os pássaros roucos de tanto cantar,  e há perfumes que te levam e trazem,  e há a lua que se pintou da cor dos meus cabelos…    Ah! Essa cor dos teus olhos.





2 comentários:

fatima disse...

Muito lindo.......E com um olhar,pode nascer uma paixão,ou um grande amor!!!!!beijito Conde.....

Butterflyfly Blue disse...

Olá meu Conde !!!!

......Há palavras

......faço palavras

......e elas fundem-se no sonho dos poetas

......Ah! essa cor dos teus olhos...

Maravilhoso...muito Belo ...mesmo....

beijos amistosos :)))