Seguidores

quarta-feira, 1 de janeiro de 2014

Cáh Morandi /// Ser Quem Sou




Para ser forte, tive que beber muitos goles de tempestades.
Tive que aprender a fazer muralhas (e às vezes, ser a própria);
andar de salto alto entre as pedras do caminho;
ter ouvidos atentos, saber escolher os momentos do silêncio;
ir contra o vento...
E depois de tudo ser capaz de desmoronar doce e calmamente
nos braços do homem que eu amo.
 
 Cáh Morandi
 

1 comentário:

Rosa Purpura disse...

OH!!CONDE!!!

Quantas vezes as nossas fragilidades,sáo as nossas maiores Fortalezas....
Densas muralhas,onde nos abrigamos das brechas que a Vida abre,implacavelmente ....
escondidos atrás das máscaras ...procuramos proteger-nos dos outros e quiçá ,de nós
próprios...

para que não fiquemos vulneráveis...nas mãos dos algozes
que esperam por uma pequena brecha onde nos possam atingir e destruir..
maldades e falsidades,abundam no coração de quem julga os outros por si mesmo...
mas
saber escolher os momentos
E depois de tudo desmoronar-se---
nos braços de quem se Ama

É um ato de coragem que só os PUROS DE CORAÇÃO CONSEGUEM ALMEJAR..

Beijo Grande...meu querido D.Juan

Rosa Púrpura