Seguidores

sexta-feira, 9 de setembro de 2016

Uma poesia de Alda Merini

 


Alda Merini                                                                              

Se tu vedi il mio uomo
carezzagli dolcemente la fronte
è lì che abita il suo grande pensiero.
Se tu vedi il mio uomo
affondagli un coltello nel cuore
e fagli uscire il grumo di sangue
della donna che l’ha ingannato.
Se tu incontri il mio uomo
bagnagli dolcemente le labbra,
ha sete da tanto tempo.
Ma se tu vedi il mio uomo
stenditi dolcemente vicino a lui
è un uomo che sa amare.


Se tu vires o meu homem
acaricia docemente a sua fronte
é ali onde vive o seu alto pensamento.
Se tu vires meu homem
enfia-lhe uma faca no coração
e deixa sair um coágulo de sangue
da mulher que o tenha enganado.
Se tu encontras o meu homem
molha-lhe docemente os lábios
que ele tem sede faz muito tempo.
Porém, se tu vires o meu homem
tendo-te docemente a seu lado
é um homem que sabe amar.

1 comentário:

fatima maria disse...

Se tu encontras o meu homem
molha-lhe docemente os lábios
que ele tem sede faz muito tempo.
Porém, se tu vires o meu homem
tendo-te docemente a seu lado
é um homem que sabe amar.

beijokas........