Seguidores

terça-feira, 5 de janeiro de 2016

Maria Olinda Maia

São momentos...
No silêncio da madrugada
 acalento os teus sonhos.
Acendes um cigarro
 e eu abro o champanhe.
O dia começa a clarear.
 Amar-te na alegria dos beijos
 na ternura do encontro dos corpos.
 Amar-te com a minha alma
 com a minha vida.


M.O.M.   



1 comentário:

fatima maria disse...

Lindissimo,não conheço a poetisa!!!!!
Já fui ao google,mas nada encontrei,bjinhosssss...