Seguidores

quinta-feira, 7 de agosto de 2014

são reis //// MIL PALAVRAS


 

Poderiam ser quinhentas!
ou cem!
ou dez!...

ou até nenhuma!

Mas eram mil palavras!
Mil palavras
todos os dias soletradas
com a força estranha
de uma natureza
que rasga a alma
e dilacera a carne

Eu ia proferindo o teu nome
e aquela árvore que me ouvia
como se me entendesse
ia perdendo a folhagem
uma a uma
como lágrimas cálidas
numa tarde de outono

Hoje não há mais folhas
nem pétalas
nem palavras
nem sequer sussurros ou nomes
ditos por entre silêncios entrecortados

Só uma boca seca já cansada
e um céu que chove estrelas
abraçando uma árvore que moribunda
morre aos poucos!

Hoje adormeço e acordo
com o teu nome nos lábios

como uma praga que não me abandona
mas não há árvore dos beijos
onde deixá-los
nem pétalas que me perfumem
nem estrelas que me cubram

Hoje só o silêncio chove
desse céu enfeitiçado
por onde tu ainda te passeias
buscando por mim
e por onde eu sigo cega te procurando!...


são reis
7agosto14


inspirado na história do filme "A thousand words" c/ Eddie Murphy

1 comentário:

Rosa Purpura disse...



Hoje adormeço e acordo
com o teu nome nos lábios....


É ASSIM QUANDO SE AMA----
BEIJO...