Seguidores

domingo, 13 de abril de 2014

Lua diurna //// Pendurei o teu olhar....

pendurei o teu olhar
 
nas asas de uma gaivota
no litoral branco do mar
 
onde as palavras escorregam
no coração das cidades
à equidistância do abraço
no vértice do infinito
 
prolonguei no horizonte
as linhas do equilátero
e a gaivota retornou
na rotação das marés
o teu olhar
num raio de sol nascente...
 
aconcheguei os olhares
na concha das minhas mãos
onde o amor acontece
 
na urgência dos sorrisos
na tangente do sentir
 
neste refúgio de alma
a transbordar por ti
 
eternamente

Lua Diurna / 12/04/14
 
 
 
 
 
 
 
 
 

1 comentário:

Fatima Pereira disse...

pendurei o teu olhar

nas asas de uma gaivota
no litoral branco do mar

bj Conde