Seguidores

quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Raio de luz




Numa tarde morna de Maio,
O meu olhar baço e dormente
desenrolou-se sem sentido,
buscando uma imagem distante.
Um pássaro desprendeu-se do meu peito
gritou, voou sem nenhum destino,
e um novo olhar até aí,
plangente e perdido
dissolveu-se num raio de luz
e se afogou de encontr
o ao meu.


João-Maria Nabais

Imagem retirada do Google

2 comentários:

Satine Rouge disse...

Olá, Don.

Nem todos enxergam com os nossos olhos. ;-)
Por isso comentei, pois para sermos denunciados aos administradores, não precisa que as imagens sejam pornográficas, basta que contenham nudez.

Beijocas!

disse...


Lindo e muito envolvente.....amei

A postagem deslunbrante toca o divino!!!!!!!!!!.

Beijo........CONDE