Seguidores

segunda-feira, 6 de abril de 2015

são reis


Tenho uma forma simples de escrever
de olhar e de sentir
Por vezes pergunto-me se as palavras
algum dia reflectirão o que me vai por dentro
ou se vou envelhecer com elas
sem nunca nos conhecermos de facto
Nunca conseguirei que os meus olhos
sejam o espelho limpido que me reflete
logo pela manhã
mas também, estou certa, nunca deixarei
que eles vejam apenas aquilo
que me enfiam olhos adentro
Estarei sempre um passo à frente
do local onde as estrelas brilham
do local onde o sol se esconde
e as flores se oferecem à ternura do dia
e isso, quanto a mim, faz toda a diferença
entre as sílabas que murmuro
e as flores que me escorrem dos dedos
quando consigo que em mim floresçam


são reis
060515

Buika - No habrá nadie en el mundo

Clique no endereço  :

https://youtu.be/pgQBlPgdzY0

1 comentário:

fatima maria disse...

Estarei sempre um passo à frente
do local onde as estrelas brilham
do local onde o sol se esconde
e as flores se oferecem à ternura do dia
e isso, quanto a mim, faz toda a diferença
entre as sílabas que murmuro
e as flores que me escorrem dos dedos
quando consigo que em mim floresçam

bjinhoooooooo......