Seguidores

quarta-feira, 15 de maio de 2013

Alexandra /// Momento....



bebo o teu sorriso lentamente
como delícia proibida
que sacia meu ser inquieto

sou cúmplice desse olhar
a trilhar-me a pele
como dedos atrevidos
a acordar-me anseios
que incendeiam meu corpo
subitamente liberto
subitamente embriagado de ti

e então desvendas-me a alma
como pássaro rasgando o céu





1 comentário:

Marcia Morais disse...

Amei o poema tão belo e a musica que toca adorei deixo beijinhos !