Seguidores

domingo, 31 de julho de 2016

De : maria helena guimarães

VEM MEU AMIGO
 
 
 
 
Vem, senta-te a meu lado, meu amigo
neste silêncio verde de floresta.
Senta-te aqui , quero falar contigo
do que nosso amor, tão breve , resta.
Recordas-te daquela tarde linda
em que o sol punha na terra matiz ?
Beijaste-me a boca, em ternura infinda
e nos teus braços eu fui tão feliz.
Escorria alegria dos meus olhos
quando , percorrendo só esses caminhos
sabia, que para lá desses escolhos
estavas tu , querendo meus carinhos.
Queimavam de prazer os meus sentidos
quando , inibriada nos teus olhos ternos,
nos corpos ardendo, já perdidos,
trocavamos , na tarde , amores eternos.
Agora percorro só esses caminhos.
Nos meus olhos não há já alegria,
já não há prazer, não há carinhos,
somente a dor e a nostalgia
 
 
Maria Helena Guimarães
 
do livro " Intimidades " /// 1994.
 
Nos meus olhos não há já alegria
 
 
 

1 comentário:

fatima maria disse...

Como sempre, lindissimo!!!!!!!


Vem, senta-te a meu lado, meu amigo
neste silêncio verde de floresta.
Senta-te aqui , quero falar contigo
do que nosso amor, tão breve , resta.
Recordas-te daquela tarde linda
em que o sol punha na terra matiz ?
Beijaste-me a boca, em ternura infinda
e nos teus braços eu fui tão feliz.

jokinhassssssss.