Seguidores

quinta-feira, 5 de novembro de 2015

Helena Guimarães ///// Espigas


ESPIGAS



Lembro-me…

Os teus olhos tinham

o dourado das espigas sazonadas

das planícies alentejanas

e uma alegria de sol poente

que te adoçava o sorriso.

 

Prouvera que fossem verdes

como a nossa Primavera,

com cambiantes de paixão

e ternura nos gestos.

Mas eram da cor do mel!

de brilho lânguido e esquivo.

Promessas de universo

para além de nós.

 

Feneceram os olhos

e os universos pararam ao virar da esquina.

Há uma saudade líquida

nas pupilas cor de palha

que lhe dilui os contornos

Saudades do que não foi!





                                    Helena Guimarães


               



1 comentário:

fatima maria disse...

Tem uma serena noite bjinho