Seguidores

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Imaginação...


Quando te sentas perto de mim, tudo o que quero é silêncio...que os teus braços me conheçam, que os teus gestos surpreendam as palavras não ditas, apenas pensadas...entre os dedos o perfume de um beijo...entre um beijo uma doce troca de olhares...um pensamento distante...porque não? Um copo de vinho, a Lua à janela...cabelos molhados, corpo rasgado de pudor, distraído pelo cheiro do mar, que encantado se envolve de areia...solidão, quando fechas a porta dizendo que um dia vais voltar...talvez sim...talvez não...não importa...apenas importa que te senti em mim...mesmo nunca tendo estado aqui..

3 comentários:

disse...

quando fechas a porta dizendo que um dia vais voltar..talvez sim...talvez não...não importa...apenas importa que te senti em mim....

Que loucura doce sentir-se ser amada dessa maneira...seja quem for a tua eleita está orgulhosa de despertar um amor assim.

UMA BOA SEMANA....Beijos

Don Juan disse...



É raro responder aos comentarios , mas, como dás " um palpite..." digo-te :

NO MEU OLHAR ESTOU AUSENTE E NADA ME PRENDE....

Beijos

isa disse...

Bela prosa poética que vim ler no seu blog.Sensual e sentida.
Beijo.
isa.