Seguidores

sábado, 12 de março de 2011

E aprendi a viver em.....

Para atravessar contigo o deserto do mundo



Para atravessar contigo o deserto do mundo
Para enfrentarmos juntos o terror da morte
Para ver a verdade para perder o medo
Ao lado dos teus passos caminhei

Por ti meu reino meu segredo
Minha rápida noite meu silêncio
Minha pérola redonda e seu oriente
Meu espelho minha vida minha imagem
E abandonei os jardins do paraíso

Cá fora à luz sem véu do dia duro
Sem os espelhos vi que estava nua
E ao descampado se chamava tempo

Por isso com teus gestos me vestiste
E aprendi a viver em pleno vento

Sophia de Mello Breyner Andresen

6 comentários:

Marcia Morais disse...

Por isso com teus gestos me vestiste
E aprendi a viver em pleno vento

BELO ! SAUDADES CONDE BEIJOS!

Patricia Carvalho disse...

Quem és D.Juan por tras de tão belas palavras...Um mistério entre poesias ou um desejo virtual...

Te sigo pra não te perder...

Feiticeira disse...

Viver em pleno vento não seria deixar a vida correr?

Prefiro viver ao sabor da brisa rss


Beijos doce

Sandra disse...

Seu blog é muito lindo e especial. Nesta fronteira não importa a distancia. Mas sim o que move o coração das pessoas. O amor.. A poesia, a canção. Venho deixar o convite para me visitar e ver algupem bem especial que esta comigo hoje.
Neste cantinho vc a encontrará. http://sandraregina7.blogspot.com/
Carinhosamente, ficarei esperando a sua visita.
amei muito o seu blog. amigos se conhecem assim.. Se cultivam..se conquistam e nunca mais se esquecem.
Um grande abraço..
Desde já agradeço o seu carinho e amizade.
Sandra

sonho disse...

Viver em pleno...é viver em paz em nos mesmos....e assim se vive feliz...
Beijo d'anjo

Fátima Guerra (Mellíss) disse...

D.Juan

Lindos versos, belíssima postagem.
Agradeço sua gentil presença no meu blog.
Acredito que o incentivo está para a arte,
assim como o sol está para a semente:
um toque de vida.
Conte com meu carinho,
Fátima Guerra.