Seguidores

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

modelo.....



I

Quero que poses para mim.

Encontrarei a palavra que exprima,
o que em meu sangue tumultua,
e a imponderável e secreta rima
que é só tua.

Serás minha obra-prima!
Serei o teu pintor. . .
Quero que poses para um poema, meu amor,
toda nua.

II

Quero que poses para um poema,
toda nua.

(Perdoa, meu amor. Bem estranha é a exigência
com certeza...)

Sou um humilde poeta moderno
que não confia na imaginação,
nem faz esta injustiça
à tua beleza!

J.G. de Araújo Jorge

1 comentário:

Marcia disse...

Lindo poema e modelo!!