Seguidores

quarta-feira, 26 de maio de 2010

Coisa amar



Contar-te longamente as perigosas
coisas do mar. Contar-te o amor ardente
e as ilhas que só há no verbo amar.
Contar-te longamente longamente.

Amor ardente. Amor ardente. E mar.
Contar-te longamente as misteriosas
maravilhas do verbo navegar.
E mar. Amar: as coisas perigosas.

Contar-te longamente que já foi
num tempo doce coisa amar. E mar.
Contar-te logamente como dói

desembarcar nas ilhas misteriosas.
Contar-te o mar ardente e o verbo amar.
E longamente as coisas perigosas.

Manuel Alegre

Foto:Shubina Olga

1 comentário:

*A Menina dos Olhos* disse...

Como sempre belos textos aqui... coisas que realmente valem a pensa ler.. sempre caminho por aqui... e obrigada por visitar-me tbm!!!